A estética e o som do Transpop de Rohmanelli têm chamado a atenção de diversas mídias: do jornal impresso de circulação nacional a um programa de web rádio italiana, até trabalhos acadêmicos. É o caso de “Reconvexo”, documentário da estudante de Cinema e Audiovisual da Unisul Kamila Novaes, que deve ser lançado em agosto em festivais e eventos do ramo. A película terá entrevista e performance do artista cantando o remix de Junior Antonini para “Anomalous” .

O cantor e compositor, sua persona, será colocado frente a frente com Sergio Romanelli, a pessoa. Essa é a proposta do documentário, que trata dos reflexos. “Se você une duas projeções de si mesmo, você estará mais próximo de seu ‘observador’, o reflexo de si mesmo”, afirma a estudante. Segundo Rohmanelli, o contato com a estudante se deu por meio dos seus clipes, principalmente “Anomalous”, que se encaixa na proposta do “Reconvexo”, na construção do outro por meio da obra de arte.

– A diretora gostou de Anomalous, trabalho do Antonio Rossa, e chegou até mim. Foi uma experiência muito boa participar desse documentário, que investiga a presença do reflexo do espelho na obra de cada um. Tem uma parte de entrevista como Sergio Romanelli, a performance como Rohmanelli e depois uma entrevista como Rohmanelli para buscar essa duplicidade na relação entre pessoa e artista, através da mudança de nome também, e a construção desse reflexo no palco.

Fotos: Mariana Cardozo